Dicas

O imóvel novo e seu pet

Publicado em

caes-bagunceiros

Casas novas geram muita empolgação nos novos moradores, sejam eles gente ou bicho. Ao escolher um imóvel, é comum pensar na proximidade da escola das crianças, de hospitais e do trabalho, mas é importante lembrar que o amigo bicho também tem necessidades e ver se o local oferece pets-shop e locais para passeio.

Antes de escolher o imóvel novo é válido descobrir se o novo local aceita animais de estimação e até a opinião dos vizinhos sobre os bichinhos. Observar se o tamanho do imóvel novo condiz com o tamanho do pet também ajuda muito na adaptação. Depois de escolhido o imóvel, adaptar a decoração é essencial. . Já existem decoradores especialistas em decoração com pet, as decoradoras Daniella Stecconi e Simone Fogassa montaram a casa do Alexandre Rossi (Dr. Pet) pensando nele e nos dois cãezinhos dele e o resultado ficou maravilhoso e super prático, provando que é possível ter um imóvel que agrade todos os públicos.

Para quem quer fazer só, vão as dicas: o piso não pode escorregar muito nem arranhar fácil com as unhas dos bichos, para a parede vale usar tintas laváveis, os móveis rústicos com tecidos impermeáveis e difíceis de rasgar vão evitar muitas confusões e se o lugar for pequeno, usar móveis menores com espaço entre um e outro vão dar um espaço vital para os pets se locomoverem e podem ser feias, mas as redes de proteção são indispensáveis se o imóvel for nos andares mais altos.

Algumas dicas para fazer a vida deles bem melhor dentro de casa é que eles tenham um cantinho só deles, com a caminha, comida e brinquedos. Se o imóvel for muito grande, é bom distribuir esses itens pela casa, para que onde ele estiver tenha um cantinho para descansar e água para refrescar e para finalizar, olho no verde! Animais adoram plantas, se não há espaço para um jardim, distribua vasos pela casa. Para os pets, plantas com copas grandes e que possam ser ingeridas, caso o animalzinho acabe se empolgando na brincadeira.

Na hora da mudança, mantenha a rotina do pet, mesmo no meio da bagunça, a única coisa que pode mudar é que ele vai precisar ficar afastado do empacotamento e transporte para que não se machuque no processo e não se estresse com o entra e sai das coisas. No imóvel novo, espalhe roupas com o cheiro do dono para que ele se acostume e não estranhe o ambiente.

Mais dicas