Dicas

Porcelanato Líquido

01

Publicado em

O porcelanato líquido, também conhecido como piso epóxi, vem conquistando um espaço cada vez maior nos projetos arquitetônicos e de decoração brasileiros.

É um sistema de impermeabilização e renovação de pisos, que proporciona um acabamento liso brilhante nas cores Bege, Branca e Cinza.

Sem quebra-quebra revitaliza o piso antigo com rapidez, praticidade e sem sujeira!

Suas duas principais características são o altíssimo grau de brilho e a ausência de emendas: seu acabamento é perfeitamente liso.

Hoje mais usado em grandes áreas, isso acontece porque os fornecedores requerem aplicação mínima de 100 metros quadrados, o que em geral caracteriza imóveis mais caros e extensos. No entanto com a rápida popularidade do piso epóxi a tendência é que a exigência de metragem mínima caia, assim como os preços.

  • Como Funciona o Piso Epóxi ou Porcelanato Líquido

O porcelanato líquido é um sistema de impermeabilização e acabamento para pisos. Trata-se de uma resina à base de plástico termofixo – ou seja, ele endurece quando adicionado a outros agentes químicos, formando a camada do revestimento epóxi.

Essa manta líquida é aplicada sobre o piso já existente, conferindo atributos de uniformidade, brilho e impermeabilização.

  • O piso epóxi pode ser:  

Multilayer, ou monolítico: não apresenta rejuntes, trincas ou emendas;
Decorativo: com estampas, padrões, cores e desenhos. Aqui entra a variação 3D e 3D líquido;
Espatulado: muito usado pelas indústrias, pois é resistente a grandes pesos, tráfego excessivo, arraste e produtos químicos;
Auto Nivelante: não possui juntas de dilatação. Indicado para áreas de alto tráfego;
Poliuretano: indicado para áreas internas e externas com bastante circulação. Resistente a raios UV.

É muito importante não confundir o piso epóxi (ou revestimento epóxi) com a tinta epóxi: o primeiro é mais espesso e resistente.

  • Manutenção do Piso em Porcelanato Líquido

A limpeza do dia-a-dia deve ser feita com detergentes neutros. Não use abrasivos.

A primeira limpeza deve ser feita 24 horas após a instalação.

Faça revisões dentro da periodicidade recomendada pelo fornecedor. O desgaste natural do piso pode exigir uma nova aplicação na área.

Evite arrastar móveis e objetos pesados sobre o piso epóxi: ele pode trincar. Proteja os pés com adesivos de feltro para esse fim.

Se o piso trincar, isole o ponto danificado, recolha o material lascado e solicite a visita de empresas especializadas.

Fonte: internet

Mais dicas