Notícias

2017 mais otimista!

construção

Publicado em

2017 começa menos pessimista é o que as pesquisas da CNI – Confederação Nacional da Indústria – nos apresenta um considerável crescimento comparado ao índices para o mesmo período em 2016, a pesquisa apresentou um aumento significativo em relação ao número de empregados e de novos empreendimentos.

Se espera que neste semestre o setor apresente um “certo alívio”. De acordo com a economista Flavia Ferraz a situação da indústria da construção é delicada, sendo o setor afetado por vários indicadores de economia incluindo a inflação e as taxas de juros, afirma a mesma “a redução dos juros tem impacto direto na construção, porque o setor depende de financiamentos.”

O estudo deixa a mostra que os empresários do segmento fecharam o ano de 2016 insatisfeitos com o rendimento das empresas. Os indicadores de satisfação com o lucro operacional e de satisfação com a situação financeira se mantiveram abaixo dos 50 pontos apontando o grau de insatisfação.

Sem falar nas condições para obtenção de financiamentos bancários, onde a facilidade ao credito despencou em 25 pontos, muito abaixo da linha divisória dos 50 pontos que separa a facilidade da dificuldade de acesso ao crédito.

A pesquisa aponta ainda a demanda interna insuficiente, a carga tributária e as altas taxas de juros como os principais problemas enfrentados pelo setor, ainda foi mencionado pelos entrevistados à falta de capital de giro e a inadimplência dos clientes.

O período de estudo da Sondagem Industrial da Construção foi de 03 a 13 de janeiro de 2017 com 523 empresas.

Fonte: http://www.paraibatotal.com.br/noticias/2017/01/24/50834-diminui-o-pessimismo-na-industria-da-construcao-diz-cni

Mais notícias